terça-feira, 22 de novembro de 2011

Capítulo 52 e Divulgação



Bem com muito, mas mesmo custo lá ganhei os dez comentários, e li cada um, para aqueles que pesaram que desistiria do blog, tenham calma não é nada disso, porque eu não deixo nada a meio, e acho desagradável deixar historias a meio. Apenas demorei mais a postar por falta de entusiasmo da minha parte e alguma da vossa, mas vejo que á mesmo quem goste da historia e era apenas isso que queria saber. Agradeço os comentário por escrito e nos pequenos quadrados. Obrigada
****
Depois daquele enorme susto e fase de esquecimento, Zac explicou tudo a Vanessa, o que tinha acontecido e porque ainda estava vestido daquela maneira, e ela apenas ouvia o atentamente, apesar de estar com algumas dores de cabeça, mas as dores que se “lixassem” pouco importa a dor quando o amor é maior que ela. E neste momento por estranho que parecesse ouvir a voz e ver os olhos de Zac era maravilhoso.
Vanessa: Primeiro lugar é bom. – Olhou com as aqueles olhos a brilhar, definitivamente a operação tinha sido o melhor a fazer.
Zac: Mais que bom; maravilhoso. – Pegou numa das mãos dela e as beijou.
Vanessa: Mas quanto a outro assunto ninguém sabe, que eu estou aqui, é que já basta ter descoberto sobre a doença…
Zac: Não a impressa não sabe de nada está descansada que dês ta vez eles não te irão chatear.
Médico: Desculpem interromper. – Entrou com um sorriso Zac revolveu os olhos. – Como está?
Zac: Aprece estar melhor, mas não é graças a si de certo. – Respondeu sobrepondo a voz sobre a da Vanessa.
Médico: A operação correu como nós queríamos. – Falou apenas para Vanessa ignorava totalmente Zac.
Vanessa: Obrigada por tudo doutor e desculpe o meu noivo, mas é que ele é demasiado protector, mas no geral como estou?
Médico: Os exames dizem, estar bem, mas nas próximas horas teremos as certezas que precisamos; daqui a uma semana já devera poder sair.
Vanessa: Daqui a quanto tempo? – Abriu a boca, uma semana era muito, ali entre aquelas paredes brancas.
Médico: Nem pense em começar a reclamar, com o seu estado de saúde tem que estar em repouso absoluto; eu agora vou indo. – Olho de lado para Zac, como olhavam dantes, parece que virar campeão de corridas não fazia dele menos vagabundo.
Vanessa: Que implicância foi esta? – Perguntou chamando-o atenção.
Zac: Não foi implicância, tu ias ficando sem memória por causa dele, e alem do mais não te devias ter desculpado por mim, eu não te pedi isso, e não o devias ter feito, aquele homem não merecia um pedido de desculpas. – Cruzou os braços e tentou acalmar-se.
Vanessa: Desculpa, mas eu não admito faltas de educação. – Ralhou com ele como se fosse uma criança. – Vai para casa.
Zac: O que, mas porque isso agora?
Vanessa: Porque pela tua cara precisas de descansar e pelo teu cheiro, tomar um banho. – Fez uma careta, sem se perceber que o estava a magoar, por vezes ele preferia que ela lhe desse um estalo sempre doeria menos, ele era sensível, e ela por vezes tão fria.
Zac: Claro, eu cheiro, mal, mas os vagabundos, são assim. – Pegou no casaco e saio, só ai ela percebeu o que tinha feito.
Vanessa: Zac. – Gritou e ele voltou a correr, assustado pelo berro. – Chega aqui. – Bateu na cama e ele se voltou a sentar. – Percebeste me mal…- Ele levantou se logo de seguida.
Zac: É só, isso, é que se for eu tenho que ir tomar banho. – Voltou a cruzar os braços.
Vanessa: Vá, lá não faças isso, deixa de ser criança; senta aqui. – Voltou a pedir e ele voltou se assentar. – Sei que as vezes não meço as palavras e falo de maneira grosseira, mas a minha intenção não é magoar-te, perdoa me amor.
Zac: Tudo bem estás perdoada, até porque ainda quero casar contigo, e acho que zangado não iria dar muito jeito. – Sorrio, voltando se a levantar.
Vanessa: Não, mesmo, mas para quando está a data marcada?
Zac: Assim que saíres daqui iremos tratar disso, falamos com o padre e marcamos o casamento.
Vanessa: Para se me bem.
Zac: Agora vou indo para não morreres intoxicada com o meu cheiro. – Roubou lhe e beijo e saio.
A semana passoi rápida Vanessa consegui ficar totalmente recuperada, passado um mês estava melhor que nunca. O casamento já tinha sido marcado, estava tudo planeado, agora só falava anunciar aos amigos, o acontecimento do momento, e finalmente poderia ter um feliz para sempre.
Um feliz para sempre já ou não?
Bem gostaria de divulgar a historia de Barbara…http://barbara-ofimnuncaofim.blogspot.com/


3 comentários:

  1. OI eu sou Stephanie Joly eu leio seus blogs ah muito tempo e amo eu nunca comento mais agora eu prometo que vou comentar todo dia
    Voce poderia divulgar meu blog eh sobre zanessa,jelena e etc:
    http://friends-forever312.blogspot.com/
    xoxo stephanie joly

    ResponderEliminar
  2. Espero que seja mesmo um feliz para sempre :)
    Cap muito bom
    Bjs

    ResponderEliminar