terça-feira, 18 de outubro de 2011

Capítulo 42

Fico muito agradecida a quem comentou seja por escrito ou nos quadrados. 
****
A discussão tinha começado, Zac estava com um ciúme doido, mas como Vanessa tinha mudado, tentou perceber o seu lado.

Vanessa: Zac. – Falou calma, e compreensiva enquanto se afastava de Alex para poder chegar perto de Zac. – Estás a fazer uma tempestade num copo de água, e também estás muito confuso.
Zac: Estou mesmo? – Perguntou com cheio duvidas também era normal devido as constates mudanças de humor dela.
Vanessa: Sim, estás. – As palavras saíram com carinho, com o mesmo carinho que passou a mão dela pela cara dele.
Alex: Bem…- Começou fazendo os olhar. – Estou aqui a mais, por isso vou indo. – Saio sem dizer mais nada.
Zac: O que fazia ele aqui? – Vanessa pegou na mão dele e o levou até um sofá sentado o, depois sentou se no colo dele.
Vanessa: Não sabia que eras assim; tão ciumento. – Admitiu sorrindo.
Zac: Responde; por favor. – Pediu nervosos.
Vanessa: Ele veio aqui pedir me para voltar com ele. – Disse indo se levantar mas Zac a voltou a puxar para seu colo.
Zac: Tu… tu aceitaste? – Quase gritou nos ouvidos dela.
Vanessa: Hei, calma. – Pediu e ele logo respirou fundo.
Zac: O que é que tu desses-te?
Vanessa: O que é que achas que disse? - Ele mate-se em silêncio fazendo a responder. – Disse que estava contigo e que estava bem.
Zac: Hum. – Murmurou olhando para o vazio.
Vanessa: Não acreditas? – Perguntou pegando no queixo dele para a, olhar.
Zac: Sim, é claro que acredito em ti, apenas não gostei que ele te tivesse agarrar. – Reclamou metendo a cabeça no peito dela.
Vanessa: Eu só sou de um homem, Zac e acho que já te tinha dado provas disso. – Suspirando a voltou a olhar.
Zac: Eu sei desculpa; apenas tive medo que esse homem tivesse voltado a ser ele.
Vanessa: Eu nunca o amei, e tu sabes; o Alex só quer dinheiro, e agora se lembrou que se eu morre-se ganharia com isso.
Zac: Que horror; não fales assim. – Beijou lhe a cara toda.
Vanessa: Tudo bem, apetecia-me mesmo mudar de assunto; até porque tenho uma novidade para te contar e um convite para te fazer.
Zac: Diz?
Vanessa: A novidade é que devido ao pedido de meu pai, eu vou voltar a morar lá em casa, perto dele e da minha irmã.
Zac: Boa isso é muito bom, fazerem assim as pazes, mas qual é o convite? – Ela, saio do colo dele ficando de pé.
Vanessa: Eu sei que isto tudo que se passou connosco foi demasiado rápido mas eu não tenho tempo a perder.
Zac: Onde queres chegar?
Vanessa: Queres ir comigo, e viver connosco?
Zac: Viver contigo? – Levantou se, ficando perto dela.
Vanessa: É demasiado rápido não é?
Zac: Mais ou menos…- Aproximou se dela pegando nas suas mãos. – Mas eu quero, quero mesmo muito. – Agarrou beijando a. – Mas espera, o teu pai não se vai importar?
Vanessa: Achas que sim, tanto o meu pai como a minha irmã odorante, e também podes levar o Dylan; está na hora de ele sair daquela clínica; falei com o médico dele, ele vai precisar de ir lá algumas vezes mas poderá viver lá em casa, para mais perto de Stella até o poderá ajudar.
Zac: Bem até parecemos uma família. – Ela agarrou se a ele beijando lhe o pescoço.
Vanessa: Nós já somos uma família! – Afirmou.

4 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    LINDO! LINDO ! LINDO! *--------------*
    Cap maravilhoso!
    Acho que agora as coisas vão andar pra frente!kkkk'
    Posta logo!
    Bjinhos ;*

    ResponderEliminar