segunda-feira, 26 de março de 2012

Capítulo 5


Depois de se arrumar, e ter conseguido fugir ao meio milhão de perguntas que Ashley tinha fazer, Vanessa se dirigiu para a sua empresa, onde tinha muito trabalho pela frente, já que iria tirar férias. A manhã, foi normal atrás da sua secretaria, onde ela lia relia papeis, assinava e bofada de cansaço.
Selena: Senhora, Hudgens? – A secretaria entrou interrompendo a, bem que era estagiaria, mas já devia saber que tinha que bater.
Vanessa: Sim? – Levantou a cabeça e a olhou, de tal forma séria que a secretária abria a boca mas as palavras não saiam.
Selena: Tem…- Respirou e endireitou o corpo, para poder continuar. – Tem um homem, na receção a querer falar consigo.
Vanessa: E esse nome, por acaso tem nome? – Perguntou olhando cada vez de maneira mais agressiva, parecia ser tão incompetente.
Selena: Tem sim. – Sorriu e depois entendeu que era para dizer. – Zac…Zac Efron.
Vanessa: Zac aqui? – Perguntou-se para si mordendo a caneta. – Peça para ele entrar. – Mandou, Selena saio.
Zac: E então? – Perguntou ansioso.
Selena: Pode entrar. – Disse sorrindo de canto, ele apenas pisco-lhe o olho e foi entrado.
Zac: Bom dia! – Afirmou, mas pela sua cara com grandes olheiras não parecia nada ser um bom dia.
Vanessa: O que é que fazes aqui? – Perguntou depois de ele cair, no sofá como se estivesse em casa.
Zac: Calma…- Pediu, deitando se mais no sofá. – Eu venho na paz, não precisas de atirar pedras.
Vanessa: O que é que queres? – Olhou para o relógio, era quase meio-dia, e Paul deveria estar aparecer, e aquilo não ia correr bem.
Zac: O meu casaco. – Levantou se indo para a cadeira que estava em frende da mesa.
Vanessa: O teu…- Se lembrou de repente que não lhe tinha devolvido. – Desculpa a minha grosseria, fui idiota agora.
Zac: É, pois foste. – Meteu os cotovelos na mesa e a cara nas mãos, e a olhou. – E então, onde está?
Vanessa: Estava na casa da minha amiga. – Relembrou todo o caminho, e que quando tinha chegado em casa o tinha deixando numa cadeira.
Zac: Dá me a morada que eu irei lá buscar. – Pediu implorando, Vanessa achou estranha, toda aquela necessidade.
Vanessa: Ela não está em casa…- Informou vendo o punho dele bater nas pernas. – Não te posso entregar mais tarde?
Zac: Olha não…- Admitiu pegando ambas as mãos dela. – Porque eu deixe lá uma coisa e eu preciso muito, mesmo muito.
Vanessa: Que coisa? – Perguntou pensado um pouco em todo aquele desespero dele. – Tu deste me um casaco, que continha droga?
Zac: Não foi de prepósito, deixei a lá sem querer, cena é que estou mesmo; necessitado. – Foi até ela e se colocou de joelhos.
Vanessa: Então aguenta-te. – Disse se levantado, como se aquele aguenta-te fosse muito fácil para ele.
Zac: Não briques comigo…- Agarrou pelo braço e a virou para si.
Vanessa: É pior do que os teus pais e o teu irmão pensam….tu estás mesmo viciado. – Falou ouvindo a porta abrir, já sabia quem era.
Paul: O que é que estás aqui a fazer? – Zac olhou para o irmão e soltou Vanessa olhando a pedido silêncio, sobre o assunto.
Zac: Nada de mais. – Deu de ombros e a olhou novamente.
Vanessa o teu irmão vinha buscar o seu casaco. – Falou meia verdade, e não mentiu, apenas omitiu algos factos.
Paul: Á é isso; bem te disse que não era boa ideia, estares com aquele casaco, agora não te livras da praga do dono. – Sorriu de lado.
Vanessa: Não comecem. – Pediu, não queria escândalos no seu local de trabalhos.
Paul: É hora de almoço. – Foi até Vanessa e a beijou.
Vanessa: Sim eu sei, mas estou cheia de trabalho, falamos depois. – Beijou mais uma vez, Zac só batia o pé impaciente.
Paul: Tudo bem falamos depois; anda Zac. – Mandou mas ele não se mexeu.
Vanessa: Amanhã vamos nos encontrar nos, eu depois dou-to. – Falou para desgosto dele, ele não queria amanhã, queria naquele momento.
Zac: Amanhã? – Fez uma careta.
Paul: Anda. – Pegou Zac pelo braço e o retirou da sala.
Zac: Mas e o meu casaco… - Reclamou sendo puxado.
O resto da manhã passou Vanessa não pensou em mais nada a não ser terminar de rever todas aquelas folhas que lhe davam até ao pescoço. Sem pequeno-almoço, sem lanche passou a tarde, mas logo se viu livre daquilo tudo e pode finalmente ir para casa.
Vanessa: Boa noite. – Disse entrado no apartamento de Ashley que a olhava seriamente.
Ashley: Olá. – Avançou para ela.
Vanessa: Que foi, que cara é essa? – Perguntou sem entender, aquela face seria, e preocupada.
Ashley: O que é que tu andas a fazer? – Vanessa levantou uma sobrancelha e a deixou continuar. – Não vale a pena fazer o que estás a fazer isso vai dar cabo de ti, do teu corpo, vai destruir a tua alma. – Vanessa viu se a rir pelo drama embora ainda não entende se do que ela estava a falar. – Porque é que andas, a fumar, droga? – Vanessa bufou e percebeu finalmente.
Vanessa: Esse casaco, não é meu, é do Zac…- Falou indo até á porta depois de ouvir a campainha.
Porteiro: Ainda bem que estão as duas. – Entrou com a cara, toda magoada.
Ashley: O que é que lhe aconteceu? – Apontou para o rosto dele, Vanessa lhe baixara o dedo.
Porteiro: Hoje esteve lá em baixo um jovem chamado Zac, e ele queria por tudo entrar para vir buscar um casaco…
Vanessa: Foi ele que lhe fez isso? – Perguntou chocada pela brutalidade.
Porteiro: Sim, ele queria subir, mas eu não podia deixar. – Vanessa olhou para o casaco, tudo por causa do que ele continha.
Ashley: Fez bem, o hospital e os medicamentos serão pagos…
Vanessa: Por o rapaz. – Interrompeu. – Eu vou fazer que ele pague por o ter deixado nesse estado.
Porteiro: Obrigada, eu não fiz queixa á polícia porque não sabia com que me estava a meter.
Ashley: Não se preocupe está tudo certo.
Porteiro: Bem eu vou indo o resto de uma boa noite meninas. – Sorriu, fazendo uma careta de dor e saio.
Ashley: Cannabis, tudo por uma droga…- Olhou para a Vanessa que se lembra de sentir o casaco mais pesado.
Vanessa: Leve, ou talvez não. – Pegou no casaco e o virou de todos os lados. – Ecstasy…
Ashley: Muito, Ecstasy, mas ele faz contrabando? – Perguntou que havia comprimidos de todas os desenhos e cores.
Vanessa: Ele está completamente viciado. – Despejou todo o casaco com ajuda de Ashley.
Ashley: Olha que giro, este em forma de coração. – Riu levando o olhar reprovador de Vanessa.
Vanessa: Sabes o que vou fazer com isto? – Foi até á casa de banho enquanto Ashley voltava abrir a porta.
Ashley: Vanessa…- Chamou alto.
Vanessa: Isto vai sanita a baixo. – Sussurrou deitado tudo e puxando o autoclismo.
Zac: O que estás a fazer? – Gritou assustando, vendo tudo correr pelo cano a baixo. – Que estupida meu. – Levantou a mão dando lhe um enorme estalo, fazendo Vanessa cair no chão da banheira sentido o sague escorrer pelo lábio a baixo, Zac ficou parado a olhar para o golpe que lhe tinha feito.
Vanessa: Não acredito que me bates-te. – As lagrimas desceram pelos seus olhos ao sentir a bochecha arder.
Zac: A culpa foi tua eu não tenho mais dinheiro. – Voltou a gritar com ela.
Vanessa: Ainda bem. – Meteu se de pé mesmo na frente dele.
Zac: Solta-me. – Tentou se desprender ao seu agarrado por detrás.
Matt: Sai daqui. – Empurrou para fora fechado lhe a porta. – Estás bem?
Vanessa: Sim, apenas arde um pouco. – Reclamou ao sentir a toalha bolhada que Ashley lhe punha no lábio rasgado.
Matt: Este tipo é mesmo muito louco.
Ashley: E tu o meu herói. – Caio nos braços de Matt beijando-o.
Vanessa: Eu vou até ao quarto. – Informou enquanto eles se beijavam.
»»»»»»»»»«««««««««
Como podem ver este título de louco não é um por acaso, e eles ainda vão ter que conviver na mesma casa por um tempo; acham que isso vai resultar? Bem muito Obrigada a Evelly, Stephanie_95_7, Edyh_2012, por terem comentado por escrito e também agradeço a quem carregou nos quadrados, e a quem leu a todos Obrigada J

4 comentários:

  1. NOSSA CHOQUEI!!!
    FIQUEI PASSADA!!!
    li 3 vezes pra ver se era aquilo
    mesmo, ele bateu nela! ok né kk
    esse cap ficou muito tensoooo
    Nossa o Zac é mesmo um louco!
    tudo por causa das drogas. Você está fazendo um ótimo trabalho Margarida conscientizando as leitoras sobre as drogas parabéns!
    amei amei espero que o Zac pare com essas coisas
    beijos posta logo

    ResponderEliminar
  2. Amei amei amei
    Q tosco, como o Zac ta... estranho.
    Posta logo flor
    Quando o Zac vai perder esse vicio????
    Kiss Girl

    ResponderEliminar
  3. nossa o zac perdeu a cabeça ...

    sera q o irmao dele vai descobri


    cap muito bom

    ResponderEliminar